By: tudo jóia
.

O valor de um diamante não pode jamais ser considerado apenas em função do peso da pedra. Embora seja uma característica muito importante, é preciso levar em conta também a cor, pureza e o corte da gema para classificar o seu valor no mercado. Dois diamantes com o mesmo peso podem ter valores bem diferentes em função da qualidade dessas outras características. Um diamante menor pode ser considerado mais valioso do que outro maior que tenha cor, pureza e lapidação inferiores. O peso da gema é medido em quilates, e cada quilate equivale a 0,20 gramas. O quilate métrico, padrão internacional para peso de gemas, equivale a um quinto do grama.

1 ct = 1/5 do grama = 0,2 g
5 ct = 1 grama

Um diamante de um quilate é considerado no mercado de bom tamanho. Para medir o peso das gemas menores, convencionou-se dividir o quilate em pontos: um quilate equivale a cem pontos.

1 ct = 100 pt
0,50 ct = 50
0,25 ct = 25 pt
0,05 ct =5 pt

Uma gema com 50 pontos é um diamante de meio quilate, ou seja, com peso de 0,1 grama.

1 ct = 0,2 g
10 ct = 2g
100 ct = 20 g
1.000 ct = 200 g

O diamante é uma forma alotrópica do carbono, de fórmula química C.

Cristaliza no sistema cúbico, geralmente em cristais com forma octaédrica (8 faces) ou hexaquisoctaédrica (48 faces), frequentemente com superfícies curvas, arredondadas, incolores ou coradas. Os diamantes de cor escura são pouco conhecidos e o seu valor como gema é menor devido ao seu aspecto pouco atrativo. Diferente do que se pensou durante anos, os diamantes não são eternos pois o carbono definha com o tempo, mas os diamantes duram mais que qualquer ser humano.

Blog Widget by LinkWithinVitrine TUDO JÓIA